Connect with us

destaque

Auxílio Emergencial: Caixa libera saque para nascidos em setembro

Publicado

on

De acordo com informações disponibilizadas pelo governo federal, nascidos em setembro podem sacar a partir da última sexta (13) a 4ª parcela do Auxílio Emergencial. Esse calendário refere-se aos trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Já para beneficiários do Bolsa Família, o saque do auxílio ocorre na data de pagamento convencional no programa.

O valor do benefício foi depositado para os beneficiários no dia 27 de julho, na Conta Poupança Social Digital da Caixa Econômica Federal. Apesar de o saque em espécie estar sendo liberado apenas agora, os beneficiários já podiam realizar pagamentos e compras online, por meio do aplicativo Caixa Tem.

No aplicativo da Caixa, é possível realizar o pagamento de contas domésticas, como água, luz, telefone e gás. Os usuários também podem pagar outros tipos de boletos e realizar compras virtuais, seja por meio do cartão virtual gerado no aplicativo ou pelo QR Code.

Veja as datas para saque da 4ª parcela

Nascidos em:Data:
Janeiro02/08
Fevereiro03/08
Março04/08
Abril05/08
Maio09/08
Junho10/08
Julho11/08
Agosto12/08
Setembro13/08
Outubro16/08
Novembro17/08
Dezembro18/08

Com o objetivo de tentar diminuir as filas nas agências e evitar aglomerações, a Caixa permite o saque do Auxílio Emergencial em casas lotéricas. Para isso, é necessário fazer login no aplicativo Caixa TEM e selecionar a opção “Saque sem cartão”. Em seguida, o beneficiário deve clicar em “Entrar” e escolher a opção “Saque Auxílio Emergencial”.

Depois é só informar o valor que deseja sacar, clicar na opção “Gerar código para saque” e digitar a senha cadastrada no aplicativo. Desse modo, será gerado um código que deve ser fornecido ao atendente da casa lotérica para que o beneficiário consiga sacar o dinheiro. É importante lembrar que é necessário apresentar também um documento com foto para conseguir efetuar o saque.

Valores do Auxílio Emergencial

Auxílio Emergencial foi criado em abril de 2020 pelo governo federal, com o intuito de proteger emergencialmente pessoas em situação de vulnerabilidade econômica durante a pandemia de Covid-19.

Inicialmente, o auxílio foi pago em cinco parcelas de R$ 1,2 para mães chefe de família monoparental, e R$ 600 para os demais cidadãos contemplados pelo benefício nesse período.

Ao final do pagamento das cinco primeiras parcelas, mas sem previsão de vacinação no país, o Auxílio Emergencial precisou ser prorrogado. Dessa vez, foram pagas até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600.

No ano de 2021 o Auxílio Emergencial foi prorrogado novamente. Neste ano, as parcelas diminuíram para valores entre R$ 150 a R$ 375, dependendo da formação de cada família. Nessa rodada, as mães chefes de família monoparental recebem R$ 375, as demais famílias recebem R$ 250 e beneficiários que moram sozinho R$ 150.

De acordo com o governo federal, a última parcela do Auxílio Emergencial será paga em outubro deste ano. Dessa vez, não existe previsão de uma nova prorrogação. Apesar disso, na última semana foi entregue à Câmara dos Deputados a Medida Provisória do “Auxilio Brasil”, que se trata de uma reformulação do Bolsa Família e deve ampliar o programa, beneficiando mais famílias.

Fonte: Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade