Connect with us

destaque

Auxílio Brasil pode ter novos cartões com função de DÉBITO; confira!

Publicado

on

Os novos cartões que o Governo Federal pretende entregar para os usuários do Auxílio Brasil prometem registrar algumas novidades. Segundo as informações de bastidores, um dos planos do Ministério da Cidadania é entregar os dispositivos com um chip que permitiria que os cidadãos usassem o sistema para compras por débito.

Nesse sistema, cada usuário do Auxílio Brasil poderia usar o cartão para comprar itens em um mercado, por exemplo. A cada compra, o saldo do programa diminuiria. O indivíduo não teria a oportunidade de parcelar os pedidos, já que estamos falando de um cartão de débito, mas as funções se tratariam de uma novidade.

Ainda conforme informações do Ministério da Cidadania, o cartão do antigo Bolsa Família apenas permite o uso do dispositivo para movimentações simples da conta em caixas eletrônicos. No entanto, é importante lembrar que pouco mais de 3 milhões de usuários ativos do Auxílio Brasil nunca chegaram a receber nenhum cartão até aqui.

Entretanto, também é importante lembrar que o uso do dispositivo não é indispensável para quem quer movimentar o dinheiro do Auxílio Brasil. Quem tem o cartão do antigo Bolsa Família, pode usá-lo para tentar mexer na conta. Além disso, quem não tem nenhum dos dois, pode mexer no saldo de maneira digital através do aplicativo Caixa Tem.

Ao menos dois grupos de parlamentares do Congresso Nacional já entraram com pedidos de suspensão da entrega dos novos cartões pelo Governo Federal. As solicitações foram oficialmente enviadas ao Tribunal de Contas da União (TCU). Em geral, ambos os grupos afirmam que o poder executivo poderia estar gastando dinheiro à toa apenas com “objetivos eleitorais”.

Eleições

O fato, aliás, é que mesmo depois do aumento nos valores do Auxílio Brasil em relação ao que se via no antigo Bolsa Família, a aprovação ao presidente Jair Bolsonaro ainda não teria aumentado. É o que indicam todas as principais pesquisas de intenção de voto divulgadas nas últimas semanas.

Informações de bastidores dão conta de que a pré-campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) teria acendido uma luz amarela depois de verificar que o chefe do executivo estaria mais de 20 pontos atrás do ex-presidente Lula entre as pessoas que recebem o Auxílio Brasil.

Em público, tanto o presidente como os seus aliados costumam afirmar que as pesquisas seriam falsas e que elas estariam enganando a população. Seja como for, o Planalto decidiu trocar a logomarca dos cartões do Bolsa Família para os do novo Auxílio Brasil.

Auxílio Brasil

O Governo Federal, aliás, iniciou os pagamentos do seu Auxílio Brasil ainda no último mês de novembro do ano passado. O programa veio para substituir o antigo Bolsa Família, que seguiu fazendo liberações mensais até outubro de 2021.

O número de usuários que fazem parte do programa aumentou. Segundo as informações oficiais, pouco mais de 14 milhões de pessoas recebiam o dinheiro do antigo Bolsa Família. O novo Auxílio Brasil faz repasses para mais de 18 milhões de brasileiros.

Os valores também subiram. Dados do próprio Ministério da Cidadania apontam que os usuários do antigo Bolsa Família recebiam um patamar mensal médio de R$ 189 à época do fim do programa. O Auxílio Brasil paga um saldo mínimo de R$ 400 por família hoje.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!