Rede Social

Saude

Após rompimento da barragem, Brumadinho registra alta de suicídio e prescrição de remédios

Compartilhamento:

Nesse cenário, cresce o risco de aumento de casos de suicídio, doenças mentais e uso de drogas e álcool

Compartilhamento:

Publicado

on

Compartilhamento:

Passados mais de sete meses desde o rompimento da barragem da mina de Córrego do Feijão, em Brumadinho, a Secretaria Municipal de Saúde constatou um aumento no número de suicídios e tentativas no município, principalmente entre as mulheres. No primeiro semestre deste ano, foram 39 tentativas de suicídio, sendo 11 entre homens e 28 entre mulheres, nove a mais do que no mesmo período do ano passado, uma alta de 23%. Já em relação aos suicídios, o número passou de um, em 2018, para três este ano.

O quadro reflete a deterioração na saúde mental da população, comprovada por alta expressiva nas prescrições de antidepressivos e ansiolíticos (medicamentos para controlar ansiedade e tensão). “São mulheres que perderam filhos e marido. A sensação de perda para elas é maior para ressignificar a vida”, disse o secretário municipal de Saúde de Brumadinho, Junio Araújo Alves. “Essa é uma face do adoecimento mental da população. Estamos trabalhando para evitar um quadro ainda pior.”

Os dados da prefeitura mostram que o uso de antidepressivos por pacientes da rede pública de saúde foi, em agosto de 2019, 60% maior que no mesmo período do ano passado. Em relação aos ansiolíticos, o crescimento é ainda mais significativo, de 80%, no período.

Além disso, conforme o secretário, o uso de risperidona aumentou 143%. A droga é utilizada no tratamento de psicoses, agindo contra transtornos relacionados a pensamento, emoções, ansiedade, distúrbios de percepção e desconfiança.

O trauma psicológico sofrido por moradores de Brumadinho tem paralelo com o identificado em populações de países acometidos por guerras, destaca o professor Frederico Garcia, do Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). “As pessoas veem tanto a sua vida como seu futuro ameaçados de forma abrupta.”

Nesse cenário, cresce o risco de aumento de casos de suicídio, doenças mentais e uso de drogas e álcool. “É uma situação de sofrimento que pode perdurar por muitos anos. E não se pode minimizar a perda de cada pessoa, seja de parentes, perspectivas, trabalho ou sonhos. Todas as perdas podem ter consequências negativas”, diz.

Somando os registros de todas as especialidades médicas, os atendimentos na rede primária de saúde de Brumadinho aumentaram 63% no primeiro quadrimestre de 2019, ante o mesmo período de 2018, saltando de 33 mil para 54 mil. A situação se repete na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Antes do rompimento, o número máximo de atendimentos em um plantão de 12 horas registrado pela Secretaria de Saúde foi de 165. Após a lama, o teto de atendimento subiu para 280.

As contas da prefeitura projetam alta de R$ 15 milhões em 2019 com gastos no setor de saúde, chegando no período a R$ 70 milhões ante R$ 55 milhões em 2018. Os recursos para cobrir a diferença sairão de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) no valor de R$ 31 milhões, para dois anos, fechado entre a Vale e a força-tarefa do Ministério Público que trabalha no levantamento dos impactos da lama na comunidade.

Preste atenção

1. O impacto das tragédias – Em períodos que seguem grandes tragédias – como uma guerra, um desastre ambiental ou o rompimento de um barragem, por exemplo, é comum haver aumento de registro de doenças mentais nas populações afetadas, como casos de depressão, ansiedade e também suicídio.

2. Sinais de alerta – Depressão causa tristeza profunda e pessimismo, sentimentos que podem culminar em comportamentos suicidas. Segundo o Ministério da Saúde, os sinais mais frequentes são irritabilidade, ansiedade, angústia, desânimo, cansaço fácil, e diminuição ou incapacidade de sentir alegria.

3. Outros sinais – Há também outros comportamentos que devem ser observados, de acordo com o Ministério da Saúde: aumento de sentimentos de medo e baixa autoestima, dificuldade de concentração, perda ou alta do apetite e do peso, raciocínio mais lento e episódios frequentes de esquecimento.

4. Surgimento de doenças – Pessoas com depressão podem apresentar baixa no sistema de imunidade, problemas inflamatórios e infecciosos. Dependendo da gravidade, a depressão também pode desencadear doenças cardiovasculares, como enfarte, acidente vascular cerebral (AVC) e hipertensão.

5. Prevenção – Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 9 em cada 10 mortes por suicídio podem ser evitadas e a prevenção é fundamental. O assunto ainda é considerado tabu, e é fundamental que em momentos difíceis as pessoas consigam pedir ajuda para familiares, amigos ou um médico.

6. Setembro Amarelo – Este mês, o Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza a campanha Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio. O CVV reúne 3 mil voluntários, que atendem gratuitamente por telefone, chat ou pessoalmente. Quem precisa de ajuda pode ligar para o 188 a qualquer hora do dia ou noite.

Fonte: Hoje em Dia !

Foto:Flávio Tavares/Hoje em Dia 

Compartilhamento:
Publicidade

Eventos

set
20
sex
18:00 3° Rock Na Praça & 2° Cajuru Mot... @Carmo do Cajuru
3° Rock Na Praça & 2° Cajuru Mot... @Carmo do Cajuru
3° Rock Na Praça & 2° Cajuru Moto Rock @ Carmo do Cajuru
Compartilhamento:O Evento “Rock na Praça” já em sua terceira edição vêm crescendo a cada ano e e desta vez contamos com a parceria do “Cajuru Moto Rock” já em sua segunda edição. uma parceria que[...]
21:00 Baile da Colombia @Serraria Souza Pinto
Baile da Colombia @Serraria Souza Pinto
Baile da Colombia @ Serraria Souza Pinto
Compartilhamento:Serraria Souza Pinto 20/09 ás 21:00hrs recebe a segunda edição do BAILE DA COLÔMBIA em BH  Já conferiu as atrações desse evento que é exxxtouro no RJ e agora tem data pra invadir nossa cidade[...]
set
21
sáb
10:00 3º Queima do Alho – Perdigão @Parque De Exposições De Perdigao Perdigão (Minas Gerais)
3º Queima do Alho – Perdigão @Parque De Exposições De Perdigao Perdigão (Minas Gerais)
set [email protected]:00 – 19:00
3º Queima do Alho - Perdigão @ Parque De Exposições De Perdigao Perdigão (Minas Gerais)
Compartilhamento:A 3º Queima do Alho de Perdigão já tem data confirmada! Se ano passado foi bom, esse ano será melhor ainda!! Esse é um evento beneficente para arrecadação de renda para a Vila Vicentina da[...]
22:00 Girus ! Vini Vici @Girus Disco Show
Girus ! Vini Vici @Girus Disco Show
Girus ! Vini Vici @ Girus Disco Show
Compartilhamento:Atração Confirmada: Vini Vici ?? Embora a jam de Vini Vici seja rotulada como Psytrance, seu som cataclísmico, ainda que autêntico e hipnotizante, levou-os muito além do espectro do mundo psicodélico. Impulsionado por sua infinita[...]
Publicidade

PUBLICIDADE